em parte incerta...

Coloque aqui a história, dicas de sua aventura para todos nós.

em parte incerta...

Mensagempor tramasampler » 14 Jun 2017, 11:49

Meus caros, é com imenso prazer que hoje começo a minha retribuição por todos os meses de informação que bebi deste fórum, ajudas, dicas e até material comprado dos foristas desta casa.

Comecei finalmente a viagem que trazia na bagagem dos meus sonhos desde que pisei neste imenso Brasil.
Entretanto compartilhei o sonho com a minha companheira que não hesitou em subir na garupa desta aventura.

Imagem

Saímos do Rio no dia 13 de Maio.
Contra todo o planejamento já saímos de noite, com direito a "escolta" dos amigos que nos receberam em Petrópolis. Ficamos 2 noites na cidade, com direito a comemoração do aniversário da Juliette (garupa).
Foi uma parada essencial para poder avaliar a moto no primeiro percurso totalmente carregada e recém revisada.
Tudo correu perfeitamente bem. A garupa sentiu-se muito confortável e a moto gritava de alegria serpenteando a subida da serra.

Repouso feito, malas e bagagens no lugar correspondente, garupa (in)consciente do que a esperava e eu de olho no horizonte, enchemo-nos com a coragem de miúdos e a experiência de graúdos para enfrentar a primeira estrada.

Imagem

Pegamos a maravilhosa BR-040 até à saída de São João del Rei. Nada melhor para começar a viagem com um
excelente asfalto até Minas Gerais.
Primeira parada Tiradentes, início do roteiro mineiro para comer bem e ser tratado como rei :) Minas é bom demais!

Seguimos viagem rumo a Ouro Preto, Serra do Cipó e depois Diamantina. Senti-me praticamente em casa :) comida e arquitectura bem familiares.
Saindo de Ouro Preto, fizemos uma parada próximo a BH para abastecer a moto e comer algo. Retomando a estrada reparo que o painel frontal não ligou mais. Não consegui identificar o problema e segui viagem, sabendo que na pior das hipóteses poderia resolver em Brasília.

Primeiro perrengue da viagem - rasteira do GPS! (coisa de novato).
Optamos por sair da Serra do Cipó pelas 16h, conscientes que iríamos ainda fazer um bom trajeto de noite, mas nada que nos assustasse, o asfalto era bom e não era tão longe assim. Saímos com um tempo bonito num asfalto de meter inveja a muitas estradas que já conheci. Durante a subida da Serra do Cipó o tempo foi fechando até não ver 1m na minha frente. Sem acostamento fica até perigoso parar, só me restava continuar cauteloso. A noite ia-se aproximando e a chuva decidiu mostrar-se também.

Imagem
MG-010 Serra do Cipó

Imagem
MG-010 Serra do Cipó

Imagem
MG-010 Serra do Cipó

No GPS marcava 1h para chegar no destino, quando subitamente somos confrontados com uma estrada de terra - noite+chuva+estrada de terra (ficou esquisito). Parei para perguntar a locais e me falaram que esse era o caminho certo, disfarcei o meu ar de desconfiado e decidi pegar a estrada. Obviamente o GPS não fazia ideia que a estrada era de terra, os 60min transformaram-se em 2 horas de luta contra a chuva, a terra que virou lama e o pânico da garupa que me pedia para parar e montar a barraca ali mesmo :)
Foi um grande desafio, fizemos 40km em terra, de noite, debaixo de uma chuva bem pesada, gado atravessado no meio do caminho e vivalma a quem
perguntar uma informação.
Estávamos no meio do que vocês por aqui chamam de roça. Foi uma experiência inesquecível, mas na próxima prefiro ir de dia e com sol :)
A motoca, firme, deu o exemplo, carregadíssima até ao limite, subiu barranco, desceu barranco, nadou em largas poças, galgou pedra, passou toda a lama e nos levou ao destino - sem um único tombo! Diria que fomos devidamente apresentados à firmeza do bichinho.
Chegados a Diamantina, acreditando que o perrengue tinha ficado para trás... haja lugar com pavimentação difícil para dirigir hein! Só pedra grande e desnivelada, bem mais difícil que Paraty - parece quase um percurso de obstáculos.
Diamantina é uma cidade encantadora, quando amanheceu tivemos oportunidade de nos deliciar com os seus encantos. Vale muito a pena visitar. Tem uma energia muito particular, talvez pela formação rochosa no seu entorno. Não sei explicar, mas deu para sentir.

Para futuros viajantes desse percurso, saindo da Serra do Cipó para Diamantina a estrada é toda asfaltada e em boas condições, eu fui mesmo enganado pelo GPS e pedi informações à pessoa menos certa. Daqui em diante confirmo sempre o percurso no GPS e no maps para evitar maiores surpresas.

Saído de Diamantina rumamos a Brasília. Inicialmente íamos fazer uma
parada para dormir em Três Maria, mas sentimos força para fazer uma tocada só.
Foram cerca de 750 Km, seguindo pela BR-040 toda a vida. É uma reta só, muito caminhão, acostamentos desnivelados com a pista de rodagem, ou inexistentes, não aconselho pegar essa estrada de noite. Fica um pouco hostil com o número de caminhões que circulam durante a noite e eles sentem-se os donos da estrada.

Imagem
BR-040 algures entre Três Marias e Brasília

Motoca continua 10! Média de consumo a rondar os 25km por litro. Fantástica!

Imagem

para os que quiserem seguir a viagem mais de perto, estamos postando as fotos desta nossa aventura no instagram.
sigam-nos:
@em.parte.incerta

até ao próximo post.
Abraços!
Avatar do usuário
tramasampler
Forista Jr.
Progresso para o próximo rank:
56.6%
 
Mensagens: 57
Registrado em: 07 Set 2016, 16:09
Localização: Rio de Janeiro
Enviou: 3 vez(es)
Recebeu: 41 vez(es)
Moto: G650 GS
Estado: RJ
Cidade: Rio de Janeiro

Re: em parte incerta...

Mensagempor luiz baum » 14 Jun 2017, 20:54

Carregado até a tampa!
Kkkkk
Boa viagem!

Luiz Baum
Avatar do usuário
luiz baum
Forista Pleno
Progresso para o próximo rank:
36.5%
 
Mensagens: 246
Registrado em: 20 Jan 2017, 23:54
Localização: Sao Pedro
Enviou: 21 vez(es)
Recebeu: 83 vez(es)
Moto: GS650 2010 Prata
Estado: SP
Cidade: Sao Pedro

Re: em parte incerta...

Mensagempor Adauto Lopes » 14 Jun 2017, 23:00

O primeiro post já demonstra que muita coisa boa virá adiante e como não tenho instagram, acompanharei tudo por aqui mesmo.

Que bom ler texto tão bem escrito, cheio de informações, bem humorado, e ainda por cima com "sotaque" lusitano para melhor ainda ilustrar os fatos. Fotos também muito bem focadas. Aguardando, ansioso, os próximos capítulos.

GPS é bom, aliás, muito bom, diria que quase indispensável, mas, como já percebestes, tem que ajudar ele a te ajudar. Uma prévia análise do percurso quase sempre resulta em muito menos dissabores na viagem. Já passei por situações similares também, mas, não me encorajo viajar sem ele, aliás, nem sair de casa na minha região, se não conheço onde vou, uso GPS.

A gatinha ou gatinho sobre a moto deu um charme todo especial. Também tenho uma que muito se parece com a tua e que também nutre paixão por moto. rsrs.

Obrigado por compartilhar conosco.
Adauto Lopes

CG125 1982, CG125 1984, CG125 1985, XL250 1983 (1 branca, 1 vermelha, 1 azul), XLX350 1987, XLX 350 1989, XLX350 1990, NX350 SAHARA 1991, LANDER 2007, G650GS 2011, R1200GS 2007, TENERÉ 250 2011.
Avatar do usuário
Adauto Lopes
Moderador
 
Mensagens: 7030
Registrado em: 05 Dez 2011, 14:52
Localização: São Caetano do Sul, SP
Enviou: 6769 vez(es)
Recebeu: 4973 vez(es)
Moto: Teneré 250
Estado: SP
Cidade: Sao Caetano do Sul

Re: em parte incerta...

Mensagempor Bertolani » 14 Jun 2017, 23:24

Maravilha. Vamos de garupa virtual.
Grande abraço.
1242
G650
PU2OIB
Para o que as pessoas vivem?
https://www.youtube.com/watch?v=40vcTKl0F-w
Avatar do usuário
Bertolani
Moderador
 
Mensagens: 4713
Registrado em: 14 Abr 2013, 04:21
Localização: São Paulo
Enviou: 3243 vez(es)
Recebeu: 2020 vez(es)
Moto: G650 gs 2012 branca
Estado: SP
Cidade: Sao Paulo

Re: em parte incerta...

Mensagempor Tony Cavalcanti » 16 Jun 2017, 19:41

Show, acompanhando a viagem!
Avatar do usuário
Tony Cavalcanti
Forista Sênior
Progresso para o próximo rank:
88.9%
 
Mensagens: 1389
Registrado em: 17 Set 2013, 18:49
Localização: Rio de Janeiro
Enviou: 216 vez(es)
Recebeu: 332 vez(es)
Moto: G 650 GS Sertão
Estado: RJ
Cidade: RIO DE JANEIRO

Re: em parte incerta...

Mensagempor saulo wds » 18 Jun 2017, 08:15

Primeiro post com muitos Méritos!!
Relato gostoso de ler e as primeiras fotos nos inspiram a querer mais.

Nesta Trip já ficaram acampados alguma vez?
Avatar do usuário
saulo wds
Forista Sênior
Progresso para o próximo rank:
89.1%
 
Mensagens: 1391
Registrado em: 08 Fev 2012, 11:32
Enviou: 1963 vez(es)
Recebeu: 3003 vez(es)
Moto: Sertão / 2012
Estado: SP
Cidade: Sao Paulo

Re: em parte incerta...

Mensagempor tramasampler » 18 Jun 2017, 12:17

saulo wds escreveu:Primeiro post com muitos Méritos!!
Relato gostoso de ler e as primeiras fotos nos inspiram a querer mais.

Nesta Trip já ficaram acampados alguma vez?


Já sim, acampamos na Serra do Cipó, na Chapada dos Veadeiros e neste momento estamos acampando em Vila Bela da Santíssima Trindade (MT).
Assim que conseguir um tempo atualizo a aventura com mais informações.
Grande abraço!
Avatar do usuário
tramasampler
Forista Jr.
Progresso para o próximo rank:
56.6%
 
Mensagens: 57
Registrado em: 07 Set 2016, 16:09
Localização: Rio de Janeiro
Enviou: 3 vez(es)
Recebeu: 41 vez(es)
Moto: G650 GS
Estado: RJ
Cidade: Rio de Janeiro

em parte incerta...

Mensagempor tramasampler » 27 Jun 2017, 21:47

Aproveito o dia de hoje para actualizar a partilha desta incrível aventura.

No primeiro texto terminei na chegada a Brasília.
Não sei se contei por aqui, mas sou arquiteto e a Juliette também, portanto Brasília era um destino desejado pelos dois há muito tempo. Lembro-me de estudar a sua história na faculdade e de tentar compreender (ainda que distante) o fascínio do meu professor de história da arquitectura. Apesar de todas as críticas, concordâncias ou discordâncias que facilmente lhe são endereçadas é um lugar que merece a visita. Na minha humilde opinião, não posso concordar com a sua escala, conforto ou mobilidade urbana, contudo tenho que admitir que foi um ensaio necessário e um trabalho tremendo para a história da humanidade. Aprendemos com as suas potencialidades e tentativas, ainda que um tanto equivocadas, de criar uma "cidade para o futuro". Para mim que vivi os últimos oito anos no Rio de Janeiro, facilmente me apercebi que a ordem aqui é imperativa. A sua escala grandiosa, muito pouco humana, torna-nos demasiado pequenos e a composição urbana é bastante áspera para o pedestre. Obviamente que transitando de carro/moto tudo ganha um sentido mais forte. É notoriamente uma cidade do automóvel, todas as suas proporções foram cuidadosamente pensadas nisso, e por esse mesmo motivo é estranhamente prazeroso dirigir nesta cidade.

Posto isto, a chegada a Brasília correu
bastante bem, chegamos cansados, viemos direto de Diamantina e já chegamos de noite. Na capital esperavam-nos uns amigos que nos receberam com um conforto que nos faltava desde o começo da viagem. Aqui não nos faltou absolutamente nada, e como grande anfitriões, fizeram questão de nos apresentar e justificar todos os prazeres que a cidade lhes oferece. Foi uma recepção elegante e grandiosa, ao nível da grande capital.
Trazíamos ainda o detalhe do painel frontal (que não ligava mais) para resolver e escolhemos a cc da BMW para nos ajudar.
Ao fim de dois dias tudo acabou por ser resolvido da melhor forma e podíamos seguir viagem com a moto impecável.

Imagem
museu de arte de brasília

Imagem
catedral metropolitana de brasília

Saindo de Brasília a nossa rota apontava para norte, direção Chapada dos Veadeiros - não tenho sequer adjectivos em mente para descrever esse lugar de forma justa. As cores, o relevo na paisagem... são deslumbrantes.
Tínhamos marcado no GPS um camping entre Alto Paraíso e São Jorge - camping Pachamama. Chegamos antes do por do sol e montamos a barraca em 5min. Os dias que se seguiram foram de puro usufruto do que a natureza ali oferece - pegar na moto, fazer umas estradas de terra e muita trilha, muita cachoeira, e conhecimento da fauna e flora local. Obrigatório para qualquer amante da natureza!

Imagem
camping pachamama

Imagem
céu na chapada dos veadeiros

Imagem

Imagem
vale da lua

Imagem

Imagem
surpresa ao chegar de uma trilha

O mais difícil na Chapada dos Veadeiros é tomar a decisão de ir embora. Poderíamos facilmente ficar mais uma semana e continuar cada dia a ver algo novo e diferente, mas o caminho pela frente adivinha-se longo e muito surpreendente.

O bom de viajar com um planejamento "permeável", é a vantagem de mudar de rota e adicionar novos locais, dos quais não sabíamos sequer que existiam quando desenhávamos o nosso percurso na frente do computador.
Em Brasília falaram-nos de uma cidade chamada Pirenópolis - fomos conhecer, a curiosidade manda!
Se me permitem, diria que Pirenopolis está para Brasilia como Paraty está para o Rio/São Paulo, nos seus devidos contextos claro. Uma cidade história muito charmosa, come-se
muito bem e onde também não faltam opções de mergulhar na natureza local.

Seguiu-se na rota Barra do Garças, e Chapada dos Guimarães. Lamentavelmente por vezes somos obrigados a seguir um cronograma e acabamos por fazer uma mera pausa de passagem por Barra do Garças, mas soubemos tarde de mais que por perto há a lindíssima Serra do Roncador para visitar.
Curiosamente próximo de Jaraguá, um trecho de cerca de 40km da BR-070 está ainda em construção, desviando o trânsito por rotas alternativas, mas nós seguimos na aventura para ver em que estado a estrada se encontra. Há pedaços com asfalto e outros totalmente em terra. Os trabalhos de asfalto estão acontecendo no momento.

Imagem
trecho sem asfalto da BR-070

Na Chapada dos Guimarães tínhamos umas pessoas que nos esperavam, e por incrível que pareça, foi a maior surpresa do local. O lugar em si acredito que precisa de poucas apresentações, cachoeiras lindíssimas, visuais inesquecíveis, um por do sol de tirar o fôlego, mas esta gente... receberam-nos desconhecidos e depressa nos convidaram à proximidade de uma família. Ai povo brasileiro... se vocês soubessem o bem que carregam e a tamanha vontade de oferecer carinho a troco de nada, ou quase nada... as paisagens daqui são lindas, mas não trocaria o arroz de pequi que nos foi presenteado por nada, a cultura e costumes entranha-se em nós, mas é de gente que eu gosto, e vocês são f#da!! ai ai... se eu pudesse, levaria na minha bagagem cada uma das pessoas com quem nos temos cruzado para mostrar do outro lado do oceano do que vocês são realmente feitos! bem haja povo brasileiro!

Imagem
trilha do mel - chapada dos guimarães

Imagem
arroz de frango com pequi

Seguimos em direção a um dos destinos que pessoalmente mais aguardava - o Pantanal Mato-Grossense. Desde pequeno que alimento ilusões deste lugar, na minha memória de criança trazia o som da natureza que achava ser do Pantanal e estava na hora de acabar com as expectativas e conhecer de verdade.

Ficará para um próximo texto, pois não quero parecer demasiado longo e perder o vosso interesse de uma só vez :)

Grande abraço e mais uma vez, aos que não têm instagram para nos seguir (em.parte.incerta) temos também umas fotografias públicadas no tumblr: emparteincerta.tumblr.com

até breve!
Avatar do usuário
tramasampler
Forista Jr.
Progresso para o próximo rank:
56.6%
 
Mensagens: 57
Registrado em: 07 Set 2016, 16:09
Localização: Rio de Janeiro
Enviou: 3 vez(es)
Recebeu: 41 vez(es)
Moto: G650 GS
Estado: RJ
Cidade: Rio de Janeiro

Re: em parte incerta...

Mensagempor luiz baum » 27 Jun 2017, 23:07

Que maravilha, portuga!!!

Me envergo ao saber que não conheço nem um terço do que você já andou pelo meu país.

E que céu estrelado é esse, meu Deus!!

Parabéns pela narrativa!

Luiz Baum
Avatar do usuário
luiz baum
Forista Pleno
Progresso para o próximo rank:
36.5%
 
Mensagens: 246
Registrado em: 20 Jan 2017, 23:54
Localização: Sao Pedro
Enviou: 21 vez(es)
Recebeu: 83 vez(es)
Moto: GS650 2010 Prata
Estado: SP
Cidade: Sao Pedro

Re: em parte incerta...

Mensagempor Adauto Lopes » 28 Jun 2017, 00:04

Narrativa e ilustrações fotográficas impecáveis. Passa com muito realismo o que sentiram na viagem, o prazer de finalmente poder sentir no tato, na visão e no olfato lugares que sonhara e imaginara desde outrora. Aguardando o próximo capítulo.
Adauto Lopes

CG125 1982, CG125 1984, CG125 1985, XL250 1983 (1 branca, 1 vermelha, 1 azul), XLX350 1987, XLX 350 1989, XLX350 1990, NX350 SAHARA 1991, LANDER 2007, G650GS 2011, R1200GS 2007, TENERÉ 250 2011.
Avatar do usuário
Adauto Lopes
Moderador
 
Mensagens: 7030
Registrado em: 05 Dez 2011, 14:52
Localização: São Caetano do Sul, SP
Enviou: 6769 vez(es)
Recebeu: 4973 vez(es)
Moto: Teneré 250
Estado: SP
Cidade: Sao Caetano do Sul

Próximo

Voltar para Realizadas

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 16 visitantes